quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O que fazer?

Eu queria uma explicação para isso tudo. Não consigo entender por que eu me sinto assim. Que vontade repentina é essa de deixar você pra lá? De tentar te esquecer,seguir em frente,viver sem você… simplesmente porque parece que seria o certo. E ao mesmo tempo,sinto tanto sua falta… Chega a doer de tanto que eu penso em você. Não faz sentido. Tudo bem,nada que eu fiz até aqui fez sentido. A coisa mais sem sentido foi pedir que você ficasse aqui,comigo. Pedir que você não me deixasse,não me obrigasse a te esquecer… pedir que você não me esquecesse,também. Então por que hoje,mais cedo,eu estava pensando em desistir disso? Acho que… Você não sabe o que fazer não é? Você não pode esperar que eu te espere pra sempre,não é justo! Faça alguma coisa,corra atrás,me dê um motivo para ficar. Eu já esperei tanto por você… Só cansei de sempre ter que resolver. Mas mesmo assim,agora me sinto inútil,de mãos atadas! Eu sei o quanto você pode demorar pra tomar uma decisão,pra se ligar que é a coisa certa a se fazer,pra arriscar. Eu conheço você,meu bem,não adianta negar. Você tem tanto medo,que faz meu medo quase sumir. Eu e você somos iguais nessa questão de cicatrizes do passado… Mas e a ferida recente,criada por você? Eu queria tanto dizer que já virou cicatriz… Mas não. Só de pensar,já me dá raiva,já me sinto idiota. Idiota e triste,frustrada. Será que você consegue lidar com isso? Eu odeio o fato de não pode te odiar! Seria tão simples… Acho que é por isso não é? Nada pra mim é simples. Então,será que a gente consegue passar por isso tudo? Você realmente vê um futuro para nós dois? Você poderia ter tudo… Mas você não sabe o que fazer.(Beatriz Grimaldi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário