segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Ela... Eu?

O que será que tem de tão intrigante nela? Porque ela insiste em dizer que é difícil? Bom,ela tem razão. Ela é difícil. O jeito que você fala,o jeito que você a trata,consegue deixá-la satisfeita,pode-se dizer até feliz,ela se sente bem. Um erro,um jeito diferente de falar,a falta de afeição em um dia,a falta de atenção... Tudo e qualquer coisa pode fazê-la insatisfeita,deixá-la brava,irritada,ou até mesmo triste. Ela é dificil. É diferente. Ninguém entende. Intriga. Interessa. Mas só interessa porque é dificil ter. E ela repete,para muitos: "Você me quer,porque não pode ter,eu sei. Se tivesse,se cansaria logo. Não seria lucro,nem pra mim,nem pra você. E não é minha intenção sofrer agora,desculpe." Ela já repetiu tanto isso,até para ela mesma,que ninguém a faz mudar de ideia. Como ela sabe que se cansariam fácil dela,se ela nunca deixa que entrem? Simples. Basta olhar a cicatriz que ela carrega. Agora anda com cautela,e a única explicação dela é medo. Ela é forte,ninguém nega. Mas quando se trata de amor,e de arriscar por este... Ela morre de medo. Tem medo de perder,medo de errar,medo de se machucar. Medo de perder. Medo de se machucar. Ela conhece a dor. Ela é difícil por isso. Ela sabe como é e não quer que se repita. Uma pena,mal sabe ela que não se pode evitar essa dor. Tão inevitável quanto a morte,a dor do amor é quase tão temida quanto,por ela. E tudo que já passou faz ela ser o que é hoje. Não a leve a mal. O de agora ela só deixou entrar porque esqueceu de evitar,e quando viu... Já estava tão dentro dela que não conseguiu arrancar. E sei lá porque diabos ela está apostando todas as fichinhas nesse daí. Está tentando deixar o medo. Mas não é assim que se faz,meu bem,a gente vence o medo aos poucos,baby steps. Bom,ela já se jogou... Será que vai cair? E na queda,será que vai sentir mais dor? Ou será que tem alguém para pegá-la do outro lado? Uma coisa é certa,mesmo se tiver alguém,ela não vai mudar. Difícil,com medo de perder tudo o que ama,achando que é fácil se cansar dela. Mal sabe ela... Ela até que entretem,surpriende... É o que dizem. Ah,mal sabe ela,tudo. Ela vai aprender. Paciência.

(Beatriz Grimaldi,está com uma pequena mania de escrever sobre ela mesma na terceira pessoa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário