quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Am I a part of the cure? Or am I part of the disease?

Então,eu quero que você entenda que eu não quero que você pare de falar com os outros por mim,não dá pra aceitar isso,não tem cabimento. Eu não posso pedir pra você abrir mão de,bom,bastante gente,por mim. Você não seria feliz comigo desse jeito. Eu não me importo de você brincar e não sei o que,mas as coisas tem limite,e você deveria saber. Mas o que você precisa entender mesmo é que tem coisas que é dificil de aguentar... Você sabe muito bem o que elas falam,sabe muito mais do que eu,que acabei de saber pouco,nao graças a você. Alias,por isso que eu disse que agora piorou tudo. E se você gosta tanto assim como você diz,se você me ama como você tinha dito,eu não entendo porque não deixar isso claro pra todo o resto. Porque pelo tipo de coisa que falam ou não sabem bem disso,ou não estão nem ai mesmo,te amam tanto que falam de tudo pra ti e pronto ne? Até amor em outras encarnações você tem! Hm bem,eu não sei se eu deveria ficar falando isso,mas é que o que eu acabei de ver ... Não foi nada bom pra mim. Me fez pensar se o que você me disse no outro dia era sério ... Porque eu nunca falei tão sério antes dizendo aquilo que eu te respondi. E assim como foi dificil pra você falar aquilo pra mim,foi dificil dizer tudo aquilo pra você. Eu não sei bem como falar sobre o que eu sinto. E agora tá ainda mais dificil porque no momento não sei o que eu sinto. É uma mistura de raiva,com medo e tristeza ... Só sei que é ruim. Tudo bem que eu sou dramatica e bla bla bla,mas pra ser sincera,não acho que eu esteja exagerando nisso tudo,serio. Nao sentindo o que eu sinto. Se você sente medo ou sei lá,de acreditar de novo,você deveria entender,que eu já acreditei e eu estou com medo,ainda sim. Acho que eu estou com você porque me faz feliz,pelo menos era o que eu queria,e se você não quer estar comigo pelo mesmo motivo,se não era o que você queria...Então o que estamos fazendo? Eu nunca pediria pra você mudar quem você é,afinal,eu te conheci assim. Mas agora,se é costume seu estar com alguém e mesmo assim deixar todo o resto rolar,sinto muito mas não é o meu,porque assim fica muito mais fácil de magoar alguém. Você não deve sentir nem metade do que eu sinto,porque eu nunca te dei motivo,sério mesmo. E eu só esperava o mesmo de você. Eu sei que você vai ficar puto de eu falar sobre isso de novo,mas vou falar mesmo assim,e não to querendo jogar na cara nem nada,ok? Mas o que você falou no outro dia,mesmo não sendo muito,me fez achar que significava alguma coisa ... Mas agora me faz pensar se é verdade mesmo. E eu não queria ter que ficar com esse tipo de pensamento,como se eu duvidasse de você. É,eu não queria ter que duvidar de você. E eu prometi a mim mesma,que ninguém jamais ia valer uma lágrima minha,nem se quer um nó na garganta... E mesmo assim,já estou eu de novo assim. E você tinha prometido que não faria mais isso ... Culpa parcial de quem me amostrou aquilo,mas culpa sua também que deixa acontecer,culpa sua por ter dito o que disse... Eu não sei lidar com isso,não mesmo. Eu nunca soube não esperar nada de ninguém e acho que por isso eu me decepciono fácil. Isso tudo começou com um depoimento idiota e meu ciúme besta,e olha aonde já está,de novo sobre você falar as coisas esperando que eu não saiba. Você diz que eu tenho que dizer pra você tentar não fazer mais,pra tentar resolver. Mas eu não vejo nada se resolver,so vejo isso ficar maior e maior,com mais fofoca,com coisas que me dizem,coisas que eu mesma vejo ... E agora,como resolve isso? Acho que seria um bom começo você,mais uma vez,ser completamente honesto e franco comigo. Pode dizer tudo,até o que você acharia melhor nao dizer,porque eu ja falei muito que eu não deveria mesmo ... Eu acho mesmo que dá pra resolver,mas eu preciso perder isso dentro de mim sabe? E as coisas que aconteceram antes que me fizeram ser assim agora. Se você ainda quiser resolver ... Eu preciso que você me ajude,porque do jeito que está não dá. Eu simplesmente não sei o que pensar,não sei o que esperar. Eu queria poder não esperar nada,mas eu não consigo. Eu preciso que você me diga absolutamente tudo que você acha que precisa ser dito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário