sábado, 11 de setembro de 2010

A: Você acha difícil dizer?

B: Eu acho.

A: Mas por que?

B: Porque eu não consigo!

A: Você nem ao menos tentou!
 
B: Mas eu já sei que não consigo. Se eu disse,vou começar a pensar que poderia ter dito de um jeito melhor. E depois,vou pensar que não deveria ter dito nada.

A: Você tem medo né? Medo de viver,de se arriscar...De quebrar a cara.

B: Exatamente! Então pronto,não vou dizer.

A: Você não vai "quebrar a cara" nem nada disso. Eu prometo. Eu só quero ouvir,porfavor.

B: Não. Você pode ler. Você sabe que tudo que escrevo é sobre você e para você. Eu não vou dizer,chega,porfavor.

A: Está bem ... Mas eu não tenho medo,eu digo! 

B: Que bom!

A: Eu amo você e você tudo pra mim,eu não consigo mais viver sem você.

B: Bom... sabe ...

A: Eu desisto!

B: ... Eu também.

A: Desiste?

B: Que? Não! ... Ah,esquece vai!



Eu quis escrever assim ok? Me deu surto de Tavares!haha Queria falar sobre essas respostas que a gente dá tarde demais ...é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário