quinta-feira, 22 de julho de 2010

Escrever feliz nao tem a minima graca né. Um dia eu tento :)

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Me dê a sua palavra.Ou melhor,suas.

Se for me dizer alguma coisa,diga o que precisa ser dito. Não quero poemas,não quero músicas. Não quero nada que não foi feito por você. Quero suas palavras. As mais sinceras possíveis. Se for me dizer alguma coisa,que seja o que você sente. Me diga tudo de uma vez. E que seja somente a verdade. Porque já não aguento mais essa incerteza,essa angústia. Então se for dizer,diga o que realmente precisa ser dito e nada menos que isso.

Nunca passou pela sua cabeça,nem na minha .

A cada minuto que passa,me perco mais. Me perco em meus pensamentos. Me perco tentando decifrar o que acontece a minha volta. Me perco tentando te decifrar. Nunca passou pela sua cabeça que eu posso me cansar? Que eu posso querer desistir,largar tudo,tentar esquecer? Realmente,não é isso que eu quero. Eu sempre quis estar com você. Sempre quis que desse certo. Mas se não é isso que voce quer,se tudo que você me disse não era verdade... Então me deixe viver. Eu sei que sem você tudo seria ... nada. Mas com o tempo,eu espero,melhora. A verdade é que ninguém gosta de perder. Mas se até agora você não sabe o que fazer,imagine eu! Os seus atos não condizem com as palavras,mais uma vez. Nunca passou pela minha cabeça que você poderia me deixar em pedaços. Parece que quando eu menos espero,alguma coisa me puxa pra baixo. Parece que quanto mais eu espero encontrar o que me deixa feliz,mais distante isso fica. Eu esperei por tanto tempo,eu fui paciente. E não esperava que tudo que eu passei fosse pra acabar assim. Inicio,meio,e sem fim. Estou cansada de esperar. Cansada de parecer estar em segundo plano pra você. Se eu sou tudo,imagine como você lida com o nada. Eu não sei lidar com tudo isso. Dói perceber que nada mudou. Apesar de todo o tempo. Dói perceber que eu vou ter que esquecer. Apesar de nao querer. E a cada minuto que passa me perco mais em pensamentos que eu tento afugentar. Nós não somos nada,não somos ninguém,nunca fomos. Futuro? Já não sei mais. Acho que chegou a hora de acordar. Chegou a hora daquele nó na garganta se formar,de novo. Só não queria dizer,adeus ...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

E onde está a parte boa disso ?

Não há como entender você. Já desisti faz um tempo. Quando eu menos espero,você me surpriende. Parece que sempre caio numa espécie de armadilha. Eu me sinto mal. Me sinto cansada. Cansada de me sentir sempre em segundo lugar. Sempre tem alguém,mas nunca sou eu. Eu não sei o que esperar de você. Na verdade não sei nem se deveria esperar. Agora me sinto mais perdida que nunca. Sinto que me falta algo. Pedaços. Me faltam pedaços. Dessa vez maiores. E eu não quero de volta esses também. Você já me tem por inteiro. E não sei se isso é bom. Porque eu não tenho nada. Não tenho a mim mesma nem a você. Se ao menos soubesse o que você pretende afinal. É que eu estou cansada de esperar e nada acontecer. Cansada de me enganar. O problema é que eu te amo. Esse é o problema. Porque eu te amo tanto que aceitei o que me pediu. Dei a você sua chance. E confesso que seria capaz de te dar mais 500. E talvez isso atrapalhe. Me impessa de ver com clareza. Acho que a sua chance está sendo disperdiçada e a sua promessa quebrada. No momento a felicidade me parece distante. Eu vejo tudo dar certo a minha volta. Tudo bem,todo mundo feliz. Mas eu não. Eu estou aqui,esperando a parte boa disso tudo,faz muito tempo.